Nordeste ganha acordes poéticos na obra de Bráulio Bessa

 

PRapadura1O nosso valioso e tão querido Nordeste, que tantas vezes serviu de inspiração para escritores consagrados da literatura brasileira, volta à cena literária e, dessa vez, ganha acordes poéticos, difundidos nesta singela obra do popular escritor cearense Bráulio Bessa.

Bessa já é conhecido dos brasileiros. Sua poesia ganhou o eixo Norte/Sul e se popularizou ainda mais depois que o autor passou a ser presença marcante nas manhãs do programa Encontro, apresentado pela jornalista Fátima Bernardes. Seus vídeos declamando poemas estão por ai sendo compartilhados nos grupos de conversas. E o escritor conseguiu um feito que eu julgo admirável que é o de resgatar o ato de declamar poesias, hábito que infelizmente perdemos ao longo dos anos.

Mas a sua obra fala por si só, ganhou o carinho das pessoas porque Bessa se valeu da mesma matéria prima, fonte de inspiração de inúmeros outros autores, artistas e compositores em diferentes épocas.  Me refiro à cultura nordestina e à vida do sertanejo, temas tão presentes na prosa de Graciliano Ramos, de Rachel de Queiroz, de Euclides da Cunha, de Luís Gonzaga rei do baião, de J. Borges entre tantos outros artistas que cantaram e descreveram as mazelas e as riquezas do sertão brasileiro.

Dentro dessa vastíssima pluralidade de temas que o Nordeste oferece, a meu ver, o autor foi extremamente feliz em sua escolha temática. A poesia de Bessa fala da resiliência do nordestino. O autor escolheu como matéria prima o ser humano, optou por ressaltar a força do sertanejo, aquele que ” é antes de tudo um forte” – frase de Euclides da Cunha que eu adoro repetir sempre que tenho oportunidade como uma espécie de linha poética de uma oração consagrada.

PRapadura 3
O livro Poesia com Rapadura apresenta uma série de ilustrações de Perron Ramos

Mas deixando a intertextualidade (influência de um texto sobre o outro), um pouco de lado voltemos ao Poesia com Rapadura. Os poemas são uma “delicinha “ de serem lidos, eu mesma já havia folheado vários deles antes de pegar o livro para ler do início ao fim. A obra está dividia em cinco partes: Do Amor e da Paixão; Do Ser; Do Nordeste; Do Sentir; e da Fé. Cada tema desse abriga uma coleção de poemas com ilustrações lindas de Perron Ramos, que aliás cabe aqui dizer viu: os desenhos são um ponto altíssimo do livro, uma verdadeira obra de arte que enchem de cor a poesia de Bessa.

 

 As vêis nenhé

Às vezes você acha que é o fim .

Às vezes é só um recomeço…

 

 

Ficha técnica do livro

Título: Poesia com Rapadura

Autor: Bráulio Bessa

Editora: Cene Editora

Ano: 2017

Edição: 1ª edição

Total de Páginas: 152

 

Sinopse oficial: Uma compilação de poemas nacionalmente conhecidos pelo público através das telas de TV, e tantos outros inéditos e guardados no coração do poeta. Um apanhado de afetos que versam do Nordeste, do amor, da fé, de tudo que há de belo na vida ou como bem diz, Bráulio Bessa: “uma ruma de sentimentos e pensamentos de um fazedor de poesias.

Sobre o autor:  Nascido em Alto Santo (CE), Bráulio Bessa Uchoa, começou a escrever poesia aos 14 anos inspirado por Patativa do Assaré.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s